quinta-feira, janeiro 05, 2012

Resenha #5 His Yes - Reneé Carter

Livro: His Eyes
Autor: Reneé Carter
Editora: Outskirts Press
Páginas: 196
Qual a maneira mais provável de encontrar o amor? De babá. Ou, ao menos que seja Amy Turner. Amy está a ponto de se formar no colégio quando encontra um anúncio para cuidar de crianças durante o verão. Não tinha idéia de onde estava se metendo. Seu novo trabalho era para “cuidar” de Tristan Edmund, um sexy e rico garoto da sua idade... E que recentemente ficou cego. Tristan não está interessado em aceitar a sua ajuda. Isso é o que ele pensa.
Desde que perdeu o seu pai e ficou cego em um concurso de salto a cavalos, Tristan passa os dias na escuridão, se negando a aceitar a sua deficiência. Para o seu desgosto, Amy entra na sua vida e o arrasta para a luz. Mas quando os dois começam a sentir algo um no outro, a linda ex-namorada de Tristan aparece. Será muita tentação, ou Tristan será capaz de escolher a única garota que realmente o vê?
"And being blind... that doesn't change who you are."
E ser cego... isso não muda quem você é
Amy está quase se formando é de uma família de baixa renda,é viciada em musica e precisa de dinheiro para pagar ama faculdade boa para conseguir ser jornalista da rolling stones, então decide procurar emprego, ela achava que ia cuidar de criança seria fácil e conseguiria pagar a faculdade, mas oque ela não sabia é que teria que cuidar de um garoto da sua idade (18 anos) que ficará cego há dois meses atrás e que se nega a falar com especialistas e fazer alguma coisa e como a mãe dele explicou, esperava que contratando alguém de sua idade poderia convence-lo um pouco.

Aos poucos o Tristan vai sedendo e eles vão se tornando amigos,mas eles acabam se apaixonando e é um relacionamento complicado porque ela recebe para ser babá dele, e se a mãe dele descobrisse que eles tinham algo não ia mas querer pagar e ela não teria como pagar a faculdade.

E ainda tem a ex-namorada, "coisinha", que acaba aparecendo e deixando tudo mais complicado porque ela era adorada pela mãe do Tristan e esperava que ele fosse feliz com a coisinha.
o livro é apaixonante, você vê luta do Tristan para aceitar a deficiência e lutar pelo amor que sentia pela amy.

E ainda sobrou espaço no livro para dramas familiares, Tristan perdeu o pai há alguns anos, sua mãe só queria sua felicidade e seus irmãos eram adoráveis. E a Família da Amy era Hipie e seu irmão tinha sumido há 10 anos e a mãe dele continuava a fazer o "jantar de charlie" na esperança que ele aparecesse.

Ah minha avaliação não chegou a 5 estrelinhas porque acho que a autora poderia ter desenvolvido mais o texto, no final você fica se perguntando porque ela não quis escrever mais.
Postado por Bianca Cardoso às quinta-feira, janeiro 05, 2012

0 comentários:

Postar um comentário